Outro time chileno mostra interesse em tirar o meia Thomaz do São Paulo

Com poucas chances sob o comando de Dorival Júnior, Thomaz, definitivamente, chama atenção do futebol chileno. Além da Universidad de Chile, que demonstra interesse desde dezembro em usá-lo na Libertadores, o Unión Española, também do país andino, se coloca na concorrência para tirar o meia do São Paulo.

O Unión Española, que disputará a Copa Sul-Americana em 2018, procurou o Tricolor para saber as condições de negociação. Mas quem segue na frente na disputa é a Universidad de Chile: o técnico do clube de Santiago é o argentino Guillermo Hoyos, que comandou a Bolívia em 2016 e o convidou a jogar pela seleção local - Thomaz se naturalizou, mas precisava de mais dois anos na Bolívia para poder defender a equipe nacional.

Participantes da negociação informam que as conversas ainda estão apenas começando, mas a transação para um dos clubes deve ocorrer. O meio-campista de 31 anos gostaria de receber mais oportunidades no São Paulo, mas tem ficado mais tempo no banco de reservas e já disse no Chile que vê com bons olhos a chance de jogar no país.

À espera da definição de seu futuro, Thomaz vem participando normalmente da pré-temporada do São Paulo, no CT da Barra Funda, disputando posição com promessas recém-promovidas da base. O jogador tem contrato até 2020 e chegou a pedido de Rogério Ceni no começo de 2017, após se destacar pelo Jorge Wilstermann, da Bolívia, na Libertadores.

O camisa 19 estreou pelo São Paulo em abril e era uma das apostas de Ceni para fazer sombra a Cueva. Mas, com a chegada de Dorival Júnior, em julho, foi perdendo espaço e terminou 2017 com 18 partidas disputadas e dois gols marcados pelo clube.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos