Suado! Vasco fica no empate com o Espírito Santo na Copinha

O Vasco ficou no empate em 1 a 1 com o Espírito Santo na tarde desta sexta-feira, em Diadema, pela segunda rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Assim, perdeu a chance de carimbar a classificação antecipada para a próxima fase da competição. O time capixaba saiu na frente com Lucas Ramalho e Moresche empatou para o Cruz-Maltino.

Com o resultado, o Vasco chegou aos quatro pontos e está na segunda colocação do Grupo 26. Já o Espírito Santo está em terceiro, com dois. O Cruz-Maltino volta a entrar em campo na próxima segunda-feira, contra o Água Santa, dependendo apenas das suas forças para se classificar. No mesmo dia, os capixabas enfrentam o Juventus, precisando vencer e que tenha um perdedor na outra partida do grupo para ficar com a vaga na próxima fase.

O Vasco já quase abriu o placar aos 10 segundos de jogo. A zaga do Espírito Santo saiu jogando errado e a bola sobrou para Dudu na entrada da área, mas o meia chutou com perigo para fora. No entanto, foi o time capixaba que saiu na frente aos 4 minutos. Marinho cruzou na área, a zaga cruz-maltino ficou só olhando e Lucas Ramalho apareceu para empurrar para o gol com a ponta da chuteira.

Atrás no placar, o Cruz-Maltino foi para o ataque. Aos 14, Robinho chutou forte de fora da área e assustou o goleiro adversário. O empate veio quase aos 38. Dudu fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Hugo Borges, que chutou na zaga. No rebote, Marrony bateu para o gol perto da marca do penalti, mas o zagueiro Raphael Roger tirou em cima da linha.

Depois de fazer o gol, o Espírito Santo quase não ameaçou e procurou se fechar para garantir o resultado. Assim, levou a vantagem para o intervalo.

No segundo tempo, o Vasco quase conseguiu o gol mais uma vez nos primeiros segundos. Marrony invadiu a área, deu pelo chapéu no zagueiro e cruzou rasteiro. Quando Hugo Borges ia completar para o gol, Lucas Ramalho chegou cortando de carrinho.

O Cruz-Maltino seguiu tomando a iniciativa do jogo e acabou marcando aos 15 minutos. Marrony escorou cruzamento para o meio da área e Moresche apareceu para completar para o fundo da rede. O atacante chorou de emoção na comemoração.

Após sofrer o empate, o Espírito Santo chegou com perigo duas vezes na área vascaína. Porém, as melhores chances foram do Cruz-Maltino. Hugo Borges chutou cruzado e a bola passou tinta da trave. Depois, Robinho chutou forte e Pedro mandou para escanteio. No entanto, o placar permaneceu inalterado até o final.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos