Carille vê Santos como '4ª força', Palmeiras à frente, mas confia em ano ótimo do Corinthians

No início de 2017, o Corinthians foi apontado como a "quarta força" do estado de São Paulo. Com os títulos paulista e brasileiro, o termo acabou sendo ironizado pelo Timão e virou até nome do livro de fotos da conquista do nacional e tatuagem em Kazim. Para 2018, o técnico Fábio Carille acredita que o Santos está abaixo e o Palmeiras à frente.

- No ano passado eu lembro que Palmeiras e Santos estavam na nossa frente, e colocavam São Paulo e Corinthians atrás por mudanças de técnico e de grupo. Agora vejo um pouco diferente. Pelas contratações e por tudo, coloco o Palmeiras à frente pela força do grupo, pelas contratações. Mas São Paulo e Corinthians estão muito próximos. O Santos trouxe um excelente treinador, que se tiver tempo fará um grande trabalho, mas perdeu Lucas Lima, Ricardo Oliveira, Zeca, jogadores importantíssimos. Está um pouco abaixo - analisou Carille, em sua primeira entrevista coletiva de 2018.

Em relação ao Corinthians, Carille projeta um ano "ótimo". O técnico ficou satisfeito com a saída de apenas três jogadores (Pablo, Guilherme Arana e Jô) e já acelerou os trabalhos neste início de ano. Ele prevê uma equipe bastante organizada.

- Por terem saído poucos jogadores, vai ficar muito clara essa questão da organização. Na apresentação já passei um processo mais adiantado, porque sei da resposta dos jogadores, então passamos para outra etapa. Tenho certeza de que vamos fazer um bom ano. Vai ser campeão? Não sei. Vamos de jogo a jogo, passo a passo, mas nosso ano vai ser bom, vai ser ótimo - disse Carille.

O Corinthians se reapresentou na última quarta-feira e vem treinando em dois períodos no CT Joaquim Grava. O elenco viaja na noite deste domingo para os Estados Unidos, onde disputará a Florida Cup.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos