Com saída de experientes, novas lideranças surgem no Fluminense

As dispensas de Diego Cavalieri, Henrique e Marquinhos, anunciada pelo clube em 28 de dezembro, abriu espaço para novas lideranças no Fluminense. Os mais experientes e com mais tempo de casa, como Gum e Henrique Dourado, assumiram o posto ao lado do jovem Douglas, cria de Xerém, de acordo com Luiz Fernando, outro atleta revelado nas categorias de base do Tricolor.

- Gum, Dourado e Douglas assumiram essa liderança. Vamos caminhar juntos que no final teremos sucesso - respondeu, com confiança, o volante tricolor.

A liderança de Gum e Henrique Dourado não é uma novidade. Apesar de ter passado por duas cirurgias em 2017 e ter sua saída cogitada no fim de 2016, o zagueiro, identificado com o clube e torcida, seguiu como um dos líderes do elenco em uma temporada que pouco atuou. Ele está no Tricolor desde 2009.

O centroavante, por sua vez, chegou às Laranjeiras em agosto de 2016 e não foi bem em sua primeira temporada. Com a confiança de Abel e sendo um dos atletas que comanda a resenha no vestiário, deu a volta por cima e conquistou a torcida em 2017. Os gols também ajudaram, mas o camisa 9, como um dos mais experientes do elenco, ajudou a liderar os garotos nos momentos difíceis - essa atitude foi bastante valorizada e destacada pelo treinador durante o ano.

As dificuldades são esperadas no Fluminense para 2018. As muitas mudanças no elenco, porém, não tiram o otimismo de Luiz Fernando. O volante destacou o bom ambiente encontrado nos primeiros dias da pré-temporada no CT.

- A galera que ficou está focada, entrosada. Sabemos que teremos dificuldades, como outras equipes terão. Cabe termos inteligência para saber sair dessas dificuldades. O grupo está muito tranquilo, o Gum é nosso capitão, soube expressar isso muito bem em nossa primeira conversa - revelou Luiz Fernando.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos