Encontro de veteranos com jovens dita o Botafogo versão 2018

  • Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Um jogador de futebol de 24 anos é novo ou velho? Talvez esta seja uma idade que não simbolize nem a imaturidade, capaz de fazer os times perderem jogos por atitudes precipitadas, nem o final da carreira. Ela parece ser a medida certa e é a média de idade do elenco do Botafogo versão 2018. Ao contrário do que se comenta por aí, o Alvinegro não tem um elenco tão 'verde' como se pensa.

Tal equilíbrio se dá pelo encontro de jovens remanescentes do elenco de 2017 com outros que voltam de empréstimo e mais quatro que subiram agora em janeiro. Nesse time encontram-se nomes como Igor Rabello, Marcinho, Kanu, Helerson, Bochecha, Matheus Fernandes e Marcelo (que faz 22 anos hoje).

Eles se juntam aos veteranos Jefferson, Dudu Cearense, Luis Ricardo e Rodrigo Pimpão, todos com mais dos 30 anos. Outros (quase) trintões são Gatito (29) e Lindoso (28). O zagueiro e capitão Carli é mais um do time dos veteranos. E ele valoriza essa mescla entre juventude e experiência.

"É importante ter jogadores de experiência, mas a garotada que está subindo tem muita fome para jogar e aprender. Temos que receber bem os garotos. Isso fortalece, une o grupo, ajuda a conhecer mais os companheiros, e os que estão chegando têm um melhor recebimento. Aqui eles têm todo o apoio para que precisam. Esse grupo de trabalho vai receber todo mundo bem", comentou o argentino de 31 anos, que também tem experiência no assunto Botafogo. Entrando na terceira temporada pelo Glorioso, ele soma 79 jogos e 4 gols.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos