'Diego Souza é mais uma prova de que atletas pensam no futebol como mercado', dizem colunistas do L!

A confirmação de Diego Souza como reforço do São Paulo estenderá a lista de clubes pelos quais o atleta passou. O jogador de 32 anos vestirá a nona camisa de uma equipe no Brasil (de número 14 em sua carreira). Este currículo vasto deixa novamente à tona os rumos da identificação do jogador com um clube.

O blogueiro do LANCE!, João Carlos Assumpção, Diego Souza é mais um reflexo da nova ordem que marca o futebol. E atribui uma parcela disto aos clubes:

- Faz muito tempo que os jogadores não têm mais identificação com os clubes, não é de agora. O futebol está mercantilizado e os clubes, frágeis financeiramente, não conseguem segurar jogadores, que, atrás de dinheiro, vivem trocando de times. Diego Souza é só mais um exemplo deles.

Para o colunista Eduardo Tironi, esta falta de identificação vem causando problemas para o São Paulo:

- Este é um complicador para a equipe, que há anos não segura jogadores e não consegue formar ídolos. O São Paulo precisa manter uma base por um período razoável e traz um jogador que, em média, fica um ano no clube.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos