Sem 9, Corinthians volta dos EUA com alternativa 'Kazeira'

Desde o fim do ano passado, o Corinthians busca um substituto para Jô, principal jogador do time em 2017. Ainda não encontrou e deve iniciar a temporada sem o novo camisa 9 pretendido por diretoria e comissão técnica. No entanto, um alento pode ter vindo da Florida Cup, com o surgimento de uma alternativa caseira: Kazim, cujo desempenho rendeu elogios do técnico Fábio Carille.

Assim como os demais titulares, Kazim atuou 90 minutos na Florida Cup, 45 em cada jogo. Contra o PSV (HOL), na estreia, a participação foi discreta. Brigou muito, voltou para buscar jogo, mas saiu sem chutar a gol. Já contra o Rangers (ESC) no último sábado ele teve destaque. Participou da jogada do primeiro gol e fez o segundo, na derrota por 4 a 2. Animado, o turco pediu uma sequência de jogos para apresentar seu melhor futebol.

- Espero oportunidades, porque preciso de ritmo. Não pedi muito isso ano passado porque Jô fez muito gol, o time estava bem. Agora espero jogar mais - afirmou Kazim, que completou falando que o Timão deve brigar novamente por títulos:

- Eu acho que em todos os anos o Corinthians precisa brigar por títulos, esse time é o Corinthians, se não tem esse objetivo nem precisa jogar pelo Corinthians.

E Kazim deve ter a sequência que espera. Tanto porque ainda não há um novo centroavante quanto pelas palavras do técnico Fábio Carille. O comandante tem o lema de não desistir de jogador e vê condições de o gringo apresentar melhor futebol.

- Todo jogador precisa de uma sequência, ainda mais o Kazim, pesando mais de 100 quilos. Ele precisa de jogo, cara experiente, que jogou na Europa. Tenho certeza de que com ritmo ele pode nos dar muito mais. Ano passado, com o Jô, ele não teve muita chance. e com certeza com ritmo, porque ele não tem muita mobilidade - analisou.

Na busca por um 9, o presidente do Corinthians diz ter desistido de Henrique Dourado, do Fluminense. A diretoria já havia esfriado conversas com Tréllez, do Vitória, e agora faz contatos com Gilberto, ex-São Paulo e atualmente sem clube. Ainda é prematuro, no entanto.

Enquanto isso, Carille trabalha com as opções internas. Além de Kazim, pode utilizar Júnior Dutra, embora o atacante tenha dito que não costuma atuar de 9. Ainda testou o jovem Carlinhos, que ainda precisa de experiência. É a chance que Kazim esperava. O primeiro duelo é na próxima quarta-feira contra a Ponte Preta no Pacaembu, pela estreia no Campeonato Paulista.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos