Dorival confirma Sidão como titular e explica rodízio de times no São Paulo

O técnico Dorival Júnior concedeu sua primeira entrevista coletiva da temporada 2018 nesta segunda (15). Pressionado para montar um time competitivo de recolocar o São Paulo na rota dos títulos, o comandante tricolor confirmou o goleiro Sidão como titular, explicou o revezamento dos jogadores nas primeiras rodadas e não descartou utilizar um time com três zagueiros.

- O goleiro titular do São Paulo, neste momento, é o Sidão. Não terá rodízio no gol. Os demais buscam oportunidade, cravou o técnico no CT da Barra Funda, deixando claro que o recém-contratado Jean terá que suar muito para conseguir seu espaço na equipe do Morumbi.

Por ser ano de Copa do Mundo, a temporada do futebol brasileiro será um pouco mais curta - já que durante a realização do Mundial o Brasileirão entra em recesso. Diante deste cenário, o treinador são-paulino trabalha bastante para encontrar ferramentas e não prejudicar a parte física de seu elenco, que terá mais jogos em um curto espaço de tempo.

- Teremos cinco jogos em poucos dias, sendo o quarto o clássico contra o Corinthians e o quinto um jogo único na Copa do Brasil, com pré-temporada curta. Se repetíssemos o time, teríamos problema. Respaldado pelos dados que temos, vamos nos readequar para buscar os resultados. Mas não tenho dúvida de que teremos uma equipe competitiva desde a primeira rodada, cravou o comandante da equipe do Morumbi, explicando a necessidade do rodízio entre os atletas do elenco nas primeiras rodadas do Paulistão.

O treinador ainda não descartou a possibilidade de trocar o esquema de jogo e atuar com três zagueiros. Isto porque, o elenco possui peças que possibilitariam a mudança. Atualmente, o Tricolor atua no 4-1-4-1 e a comissão técnica entende que precisa ter um leque mais amplo de opções de jogo.

- Não descarto possibilidade de ter três zagueiros, tenho laterais de apoio, que chegam com mais facilidade e de transição, com funções pelas laterais e por dentro. Pode vir acontecer. Vamos aguardar recuperação do Arboleda, que ainda não treinou, disse Dorival.

Veja alguns temas abordados na entrevista do treinador são-paulino

Diego Souza

Tem diferença em colocar meia de origem, como Diego, como atacante de referência, e ter um de referência fazendo movimento contrário, saindo, com flutuação. Diego não tem obrigação de fazer isso, mas a capacidade técnica é muito importante e pode ser um pivô quando afunilarmos as jogadas. Tem facilidade e discernimento rápido para contribuir muito. Pode preencher a função, porém não da forma de um jogador de área. Que tenha liberdade e cumpra movimentação inicial, jogando em suas características, chegando de frente ou como pivô.

Pré-temporada curta

É uma pena a mini pré-temporada. Com prazo estendido, teríamos uma segurança maior na escalação, sem a necessidade do que programamos fazer.

Utilização dos jogadores vindos da categoria de base

Temos jogadores aqui e quem está na Copa São Paulo pode estar aqui daqui alguns dias. É o típico trabalho que gosto, essa formação, mescla de jovens valores com jogadores mais experientes. talvez não tenhamos nomes que gostaríamos, mas não lamento, trabalho com elementos que aqui estão e para ter o resultado que esperamos

Garotos da base

Eles já jogam em grande clube, que também tem certa pressão na base, como em todas as equipes. Se chegaram, estão preparados, com outra condição, diferente de quando chegaram no São Paulo. A partir de agora, não são mais garotos, são tratados como profissionais, com mesma exigência, cobrança e responsabilidade de grande jogador. É assim que vamos conduzir, mesmo com consicência que são garotos, mas que se sintam cobrados, com liberdade para produzir e responsabildiade e funções a serem cumpridas. Em cima disso, serão cobrados.

Dificuldades no Paulistão

Tudo é teórico. Vatangem real veremos quando começarem as competições. Não há uma lógica em tudo. Em 2015, o Santos teve equipe totalmente esfacelada, foi remontada e conquistou o Paulista. Em outras situações, equipes muito fortes não alcançaram. É um campeonato aberto, não se surpreendam com interior. Joguei duas finais contra equipes do interior e uma terceira final pelo São Caetano. Campeonato Paulista é um caso à parte, e só vamos descobrir momento diferente na competição.

Cueva

Gostaria de tê-lo recebido na reapresentação, mas a diretoria interveio corretamente, no momento adequado, e as coisas estão resolvidas. Quando estiver em campo, que tente dar a melhor condição possível ao São Paulo e ao Peru.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos