Federação retira cartão vermelho de brasileiro que levou chute do árbitro

A Federação Francesa decidiu anular o cartão amarelo (e, consequentemente, o vermelho) dado a Diego Carlos, do Nantes, no confronto contra o Paris Saint-Germain. No lance mais marcante do final de semana, o jogador acabou punido depois de acidentalmente derrubar o juiz Tony Chapron, que em seguida tentou agredir o brasileiro.

O próprio árbitro forneceu um relatório complementar afirmando que o choque foi involuntário, além de pedir que o cartão fosse anulado. Por isso, o comitê não demorou muito a tomar a decisão.

Horas após a partida no Stade de la Beaujoire, a Direção Técnica de Arbitragem do Campeonato Francês optou por suspender Tony Chapron por tempo indeterminado.

O juiz, que já se envolveu em polêmicas com Mario Balotelli e Zlatan Ibrahimovic na França, admitiu que se tratou de um lance involuntário e, posteriormente, será convocado pelo Comitê Disciplinar para apresentar a sua defesa oficial.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos