Corinthians quer negociar jogadores fora do Paulista; Carille explica lista

O técnico Fábio Carille explicou a sua escolha na primeira lista do Paulistão. Com seis vagas abertas, o treinador pretende relacionar os quatro reforços (Henrique, Juninho Capixaba, Mateus Vital e Emerson Sheik) e guardar duas para possíveis novas contratações.

- São 20 jogadores, agora com Mateus entrando, Henrique e Emerson que podem entrar... - começou Carille, ainda sem entender a pergunta, antes de ser interrompido pelo gerente de futebol Alessandro Nunes:

- A gente deixou duas vagas para uma possibilidade (de contratação), sim - confirmou o dirigente.

Com a lista praticamente definida, o Corinthians liberou os jogadores que não serão usados no Paulistão para negociações com outros clubes: Léo Príncipe, Moisés, Warian, Jean, Fellipe Bastos, Giovanni Augusto e Rodrigo Figueiredo. Vilson também não está na lista, mas porque ainda recupera-se de uma cirurgia no joelho esquerdo realizada em março do ano passado.

- Quando tem uma competição de três meses e o atleta está fora dela é prejudicial. Não estamos tirando a oportunidade de vestirem a camisa do Corinthians, serão tratados e respeitados de uma forma igual aos que estarão participando dos jogos. Se tiver uma oportunidade, vamos ver com o empresário o que vai acontecer - afirmou Alessandro Nunes, que não descartou envolver os jogadores em trocar por reforços.

- É uma prática que está até sendo elevada no mercado. Com a dificuldade financeira, as discussões são nessa linha. Você investe em uma parte e inclui um atleta para agregar ao valor. Não dá para ignorar que possa acontecer com esses atletas. O mercado está atuando e muito assim - disse Alessandro.

De acordo com Carille, a escolha da lista foi "opção técnica". Ao ser questionado especificamente sobre Giovanni Augusto, ele revelou que conversou com os jogadores.

- Fizemos uma reunião. É uma decisão difícil, mas tenho de tomar essas decisões em algum momento, assim como foi com o Cristian ano passado. Foi uma decisão minha, técnica, de esses jogadores não iniciarem o campeonato - declarou Carille.

O treinador ainda explicou por que não utilizará Léo Príncipe: o reserva de Fagner em 2018 será Guilherme Mantuan, que também atua como volante e tem 20 anos.

- Já está definido o lateral-direito nesta temporada: é o Mantuan. Já está definido, pelas avaliações que fizemos. Não chegará ninguém para o setor.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos