Dirigente reconhece que chance de Valdívia seguir no Galo é difícil

Nem mesmo o fato de Valdívia manifestar seu desejo de seguir no Atlético-MG parece suficiente para que siga no clube. De acordo com o diretor de futebol Alexandre Gallo, apesar de ser um jogador que interessa a Oswaldo de Oliveira, o alto valor do meia surge como um empecilho:

- É um atleta que interessa ao nosso treinador. Temos uma limitação, que é a questão contratual dele, que se encerra no fim de maio, e o valor do passe estipulado é bastante alto para a nossa realidade e do futebol brasileiro. Ainda está um pouco cedo para que possamos tomar qualquer tipo de atitude.

Valdívia tem direitos emprestados em 15 milhões de euros (R$ 64 milhões). O dirigente garantiu que fará uma tentativa com o Internacional, detentor de seus direitos.

- Vamos conversar muito sobre essa questão, mas temos outras prioridades que vamos tratar, são coisas mais importantes. Ele ainda é um atleta emprestado e temos um prazo para conversarmos com o Inter sobre possibilidades futuras.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos