Fred ressalta que falta de ritmo prejudicou sua reestreia no Cruzeiro

O atacante Fred teve a sua reestreia com a camisa celeste na noite dessa quarta-feira, depois de 13 anos sem atuar no clube. O jogo contra o Tupi, no Mineirão, terminou em 2 a 0 para a Raposa, mas o atacante não conseguiu marcar.

Com algumas chances de gol perdidas, o camisa 9 tentou mas não balançou as redes. De acordo com o jogador, a pré-temporada curta e a falta de ritmo de jogo são os fatores que pesaram para que ele não marcasse no primeiro jogo oficial do Cruzeiro.

- Sensação de poucos dias de treino com bola. Temporada apertada para gente estrear logo. To feliz porque já deu pra entrosar um pouco. Senti que a bola vai chegar pra mim toda hora. Com o tempo ela vai começar a entrar e não vai parar. Graças a deus, hoje, a gente conseguiu essa vitória. Tá faltando só ritmo mesmo. Depois que o ritmo chegar bem, é gol atras do gol, não tem dúvida - enfatizou o centroavante.

Fred também falou sobre a ansiedade e o encontro com a torcida Cruzeirense. O atacante ressaltou que ficou emocionado com o Mineirão lotado no jogo desta quarta.

- To muito feliz porque sai com a vitória. Ter esse reencontro. Tava parecendo um menino, muito ansioso. Por mais experiente que a gente seja, mais rodado, chegar aqui no Mineirão, na reestreia, ver o nosso torcedor, quase 50 mil, me deixou bastante ansioso. Mexeu com o meu emocional. Só tenho que agradecer a nação cruzeirense pelo carinho, pela recepção. Pode ter certeza que eu vou fazer de tudo para deixá-los mais felizes ainda, com muitos títulos e muitos gols - prometeu o jogador.

O Cruzeiro volta aos gramados no próximo sábado para enfrentar o Caldense. O confronto, válido pela segunda rodada do Campeonato Mineiro, acontece às 21h30, no Ronaldão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos