Mateus Vital exalta Fiel e lembra da perda da mãe: 'Pensei em parar'

Mateus Vital foi apresentado pelo Corinthians nesta quinta-feira, após fazer seu primeiro treino em campo com os novos companheiros no CT Joaquim Grava. Contratado do Vasco e com contrato até o fim de 2021, o meia de 19 anos exaltou a torcida do Timão.

- Eu já acompanhava o carinho da torcida, esse bando de loucos. Ontem no jogo (derrota por 1 a 0 para Ponte Preta), quando tomou o gol, a torcida apoiou. Lotaram meu Instagram de comentários - afirmou, que ganhou vários seguidores novos na rede social:

- Quando saí do Vasco tinha 90 mil, agora tenho 106 mil.

Mateus Vital também falou sobre o fim do apelido de Mateus Pet, em referência a Petkovic. O meia do Corinthians quer usar o sobrenome também para homenagear a mãe, que morreu quando ele tinha nove anos.

- Acho que agora vou deixar Mateus Vital, para honrar o nome da minha mãe que hoje está no céu (...) Como subi para o profissional com esse nome, o pessoal estava comparando muito. Tomei a decisão com a família, até para homenagear minha mãe, ficou melhor. Sou o Mateus, o Pet é o Pet. Mas qualquer nome que levar na camisa quero mostrar meu melhor, meu futebol - disse o jogador, que recordou a trajetória sem sua mãe.

- Comecei no Vasco com cinco anos, aos nove perdi minha mãe voltando de um treino, foi um baque na minha vida. Pensei em parar, mas meu pai e minhas irmãs me ajudaram. E o Vasco esteve do meu lado a todo momento, uma psicóloga ficou quase 24h comigo. Claro que ao chegar aqui passa um filme forte, foi o momento mais difícil da minha vida. Quero pensar em jogar futebol - declarou.

Mateus Vital foi o quarto reforço apresentado pelo Corinthians, atrás de Juninho Capixaba, Renê Júnior e Júnior Dutra. O Timão deve apresentar nos próximos dias o zagueiro Henrique e o atacante Emerson Sheik.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos