Mattos diz que não sabe se clube chinês vai liberar Ricardo Goulart

Alexandre Mattos, diretor de futebol do Palmeiras, avisou nesta quinta-feira que não está próximo de anunciar a contratação de Ricardo Goulart. O atacante está em pré-temporada com o Guangzhou Evergrande, da China, mas tenta convencer o clube a liberá-lo para retornar ao Brasil.

- Falei com o Goulart um pouquinho antes da virada do ano, é meu amigo. Falei com ele por telefone. Os empresários do Ricardo são meus amigos também e nem eles têm informação do que vai acontecer. O Ricardo já falou que não quer ficar lá, mas o Palmeiras não está negociando, não vai apresentar o Ricardo, eu não estou na China - disse Mattos, que foi bicampeão brasileiro com Goulart no Cruzeiro.

Goulart e seu estafe estão tentando vencer os chineses pelo cansaço. O jogador de 26 anos argumenta que, jogando no Brasil, teria mais chances de realizar o desejo de se transferir para um clube de ponta do futebol europeu.

Inicialmente, os chineses avisaram que não desejam liberá-lo agora. Se houvesse a possibilidade, seria só no meio do ano. Mas Goulart segue tentando.

- Tudo é muito dinâmico. Se amanhã o Goulart liga e diz que está liberado, a gente vê. Liguei para ele no fim do ano. Nesse ano não tem nenhuma conversa. Não sei nada. Não sei se o time chinês vai ser liberar, não sei quanto ele ganha, não sei se tenho condições de pagar, não sei se seria empréstimo, não sei o que o empresário vai me pedir de comissão... Se eu receber uma ligação do procurador do Goulart, eu me interesso. E acredito que não só eu. Se o Cruzeiro receber a ligação, eu tenho certeza que pega. Todas as equipes pegariam, porque é um jogador excepcional.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos