Del Nero é interrogado por investigadores da FIFA

Marco Polo Del Nero foi interrogado pela FIFA nesta sexta-feira (19). O presidente afastado da CBF respondeu aos questionamentos sobre propinas e acusação de sete outros crimes. Em uma videoconferência, Del Nero falou - por 5 horas - pela primeira vez aos investigadores da FIFA, depois de ser alvo de um processo de corrupção, que culminou no seu afastamento da CBF.

No interrogatório, os investigadores da FIFA repassaram a documentação levantada por promotores americanos, que acusam o cartola de corrupção na CBF e desvio de US$ 6,5 milhões (cerca de R$21 milhões). O presidente afastado foi confrontado e declara inocência sobre todas as acusações. Dentre elas, há pedidos de propina que o brasileiro teria feito em troca de contratos de televisão para a Copa do Brasil, a Copa Libertadores e outras competições.

A quantidade de evidências apresentadas foi o motivo pelo qual o interrogatório foi tão longo. Todos os detalhes apresentados pela corte americana foram confrontados a Del Nero. Até mesmo sobre supostos acordos com José Maria Marin para repartir o dinheiro, o cartola foi questionado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos