Eurico Miranda volta atrás e retira ação que pedia no STJ validação da urna 7 na eleição do Vasco

A tentativa de Eurico Miranda em recorrer ao STJ para suspender a anulação dos votos da urna 7 não seguirá em frente. Na manhã desta sexta-feira, foi confirmado que o dirigente desistiu da ação com a qual entrou no órgão para suspender as decisões da Justiça do Rio de Janeiro. Sua tentativa era contabilizar também os votos da urna, sob suspeita de irregularidade,.

Os advogados de Eurico Miranda enviaram o pedido na noite de quinta-feira. Com a atitude do dirigente, a chapa vitoriosa continua a ser a "Sempre Vasco Livre", com Julio Brant como candidato, sobre a chapa "Reconstruindo o Vasco", pela qual Eurico se candidatou à reeleição.

Mantida a decisão atual, Brant tem direito a contar com 120 conselheiros na eleição do Vasco, enquanto a chapa de Eurico Miranda terá 30 conselheiros. Na noite desta sexta-feira, às 20h, ocorre a definição do novo presidente do Vasco, na Sede Náutica do clube, na Lagoa.

O novo mandatário do Cruz-Maltino será escolhido por 300 conselheiros: além dos 120 da chapa de Brant e os 30 da chapa de Eurico, outros 150 conselheiros natos participarão da eleição indireta. O clima segue de indefinição após Alexandre Campello ter anunciado, na noite da última quinta-feira, que rompeu com Brant.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos