Felipe Conceição compara nova filosofia à condução de carros: 'Primeiro você olha o acelerador'

O Botafogo e Felipe Conceição começaram 2018 dizendo que o novo treinador faria um trabalho de continuidade a algo que vem sendo conduzido desde 2015. Porém, inegavelmente, a filosofia e os conceitos do comandante são diferentes, tanto que o jeito de a equipe jogar já foi diferente na primeira rodada do Campeonato Carioca. Mas ele quer ver mais, pede o apoio da torcida para tal e faz uma comparação inusitada olhando para o futuro.

- O apoio da torcida é fundamental, e ela é movida pelo resultado. A gente observa também o desempenho e eu fiquei feliz com o desempenho na primeira rodada. Os jogadores procuraram praticar, treinar a mente. É como aprender a dirigir um carro. Primeiro você olha o acelerador, freio, embreagem, depois não olha mais. Na primeira rodada, houve um número de erros menor do que eu esperava - analisa o treinador.

Por tudo isso, ter um clássico já na segunda rodada pode ser um obstáculo a mais na engrenagem que fará o carro alvinegro andar. Felipe afirma que está de olho no Fluminense, mas não norteou a preparação para o clássico somente na equipe que Abel Braga colocará em campo.

- No início, o foco é mais na gente. Nesse processo, se focarmos muito no adversário, acabamos nos perdendo. Vamos solidificar, criar hábitos. A partir de quando a parte tática está adquirida, a gente cria ordem para eles criarem "desordem". Ainda não estamos nesse momento. Estamos no momento de olhar para o freio, olhar para a embreagem - reforçou Felipe.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos