Deyverson sofre fissura em osso do pé e pode ficar até oito semanas fora

Deyverson passou por exames e foi constatada uma fissura em um osso do pé direito após a entorse de tornozelo sofrida no treino de sexta. A previsão do Palmeiras é de que o atacante seja desfalque entre seis e oito semanas.

De acordo com o regulamento do Campeonato Paulista, um clube só pode trocar um jogador lesionado na lista de inscritos da primeira fase, caso o problema o tire de todo o restante da competição. Segundo o prazo divulgado pelo Verdão, Deyverson voltaria, no máximo, até 20 de março, e a última data do Estadual é 8 de abril. Portanto, ao menos por enquanto, o camisa 16 deve seguir no grupo de 28 atletas inscritos.

Após a fase classificatória, antes das quartas de final, as equipes são autorizadas a trocarem até quatro jogadores, independentemente de lesão. Do atual elenco, estão fora: Emerson, Pedrão, Fabiano, Jean (machucado), Allione e Hyoran. Destes, o argentino pediu para ser negociado, mas ainda não tem uma proposta. O Verdão tenta convencê-lo a ficar.

Neste momento, não há negociação por outro jogador que poderia brigar pelas vagas no mata-mata, mas se Ricardo Goulart conseguir a liberação do Guangzhou Evergrande (CHN), o Verdão é o favorito para contratá-lo.

Deyverson foi reserva na primeira do Campeonato Paulista, contra o Santo André. Contratado no ano passado por R$ 18 milhões do Alavés (ESP), ele tem 20 jogos pelo clube e fez sete gols.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos