Diego Souza celebra estreia pelo São Paulo no Morumbi: 'Foi maravilhoso'

Diego Souza foi relacionado pela primeira vez para estar no banco de reservas do São Paulo na partida diante do Novorizontino, no Morumbi. A ideia inicial era não lançar mão do jogador tão cedo, mas com dez minutos do segundo tempo o coro da torcida já pedia a sua entrada e Dorival Júnior atendeu.

O camisa 9 do Tricolor entrou em campo aos 14 minutos da etapa final para tentar furar o difícil bloqueio rival organizado pelo técnico Doriva. Apesar de não ter conseguido ter participação efetiva na mudança do placar, a estreia agradou. Ele também aproveitou para ressaltar que sabe da necessidade de melhora da equipe e se colocou como solução.

- Foi maravilhoso ter estreado. Foi um jogo difícil. O primeiro jogo da equipe considerada principal, todos sabem que temos de melhorar. A gente vem para solucionar o problema, sabe da responsabilidade que é vestir essa camisa, sabe da grandeza que tem o São Paulo e toda vez que entra em uma competição sabe da responsabilidade de vencer, não é novidade - avaliou Diego.

A torcida que já estava insatisfeita antes de a bola rolar, ficou ainda mais irritada com o empate em 0 a 0 diante do Novorizontino e acabou vaiando a equipe na saída do gramado. Recém-chegado e ovacionado nas arquibancadas, Diego Souza entende os protestos e não utilizou o pouco tempo de trabalho para justificar a placar.

- Normal (vaiar), jogando em casa, o torcedor quer ver espetáculo, quer ver resultado e durante todo o jogo eles apoiaram. No final eles tem direito de achar ruim. Temos pouco tempo de trabalho, mas tenho que jogar. Só assim vou ganhar ritmo para render o esperado - finalizou.

O São Paulo volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h45, para enfrentar o Mirassol, fora de casa, em partida válida pela 3ª Rodada do Campeonato Paulista 2018.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos