Zé exalta triunfo e cobra Campello um projeto para o futebol do Vasco

Depois de dias agitados por conta da política, o Vasco venceu o Nova Iguaçu por 4 a 2, neste domingo, em São Januário, ganhando um alívio após a derrota para o Bangu na primeira rodada do Carioca. Apesar de o Cruz-Maltino ter conquistado os três pontos com susto, o técnico Zé Ricardo exaltou a importância do triunfo e viu evolução na equipe em relação a estreia na competição.

- Importante três pontos nesse momento para ter tranquilidade para trabalhar. Segunda partida da temporada e já tem pressão, muito mais por tudo que cerca. Continuamos encarando esses quatro primeiros jogos como preparação para Libertadores. Acredito que evoluímos em relação a partida contra o Bangu, principalmente no primeiro tempo. Assim como tivemos momentos bons, continuamos errando algumas coisas. Agora é preparar para o jogo de quarta e ver os atletas que precisam pegar ritmo - disse Zé Ricardo em coletiva após o jogo.

O treinador aproveitou também para falar da política do clube. Agora com Alexandre Campello eleito como novo presidente para os próximos três anos, o treinador disse que vai se reunir com ele para traçar um planejamento para o futebol do clube.

- Me eximi de falar de política nesses quase 50 dias, até porque sou funcionário do clube e não tenho que falar isso, meu trabalho é dentro de campo. Nitidamente tivemos dificuldades para chegar até aqui. Mas agora com a definição da presidência, espero que as incertezas fiquem para trás. Eu espero que seja apresentado um projeto de futebol para o Vasco, porque uma instituição da grandeza do Vasco merece isso. Esse projeto pode ser curto, médio ou longo prazo, mas tem que ter um caminho para seguir. Entender os profissionais que vão fazer parte desse processo. Qualquer planejamento sofre alterações, mas é preciso ter planejamento. É preciso tomar um rumo a partir de agora. Isso de forma unida para sair das situações difíceis. Estou disposto a fazer parte desse processo desde que haja um planejamento. é difícil ajudar em qualquer coisa sem saber para onde ir. Se não, quem está com a cara a tapa são os jogadores, eu e a comissão técnica. Desejo muito sucesso ao novo presidente e as pessoas da nova direção. Mas precisamos saber como o futebol vai ser gerido, saber se vai ter diretor de futebol, a quem vamos responder - cobrou o treinador, destacando como vão ser essas reuniões.

- Nesse primeiro momento, o que vai nortear a reunião são as posições carentes que estamos precisando. Mas no segundo momento não é só isso, é pensar numa forma mais macro de futebol. Juntos com nossa experiência, traçar algum planejamento para o futebol e de que maneira vamos chegar nesses caminhos. O investimento em recursos humanos para ter mais profissionais qualificados aqui, investimento em estrutura, a ligação com categoria... ou seja, vários pontos que o Vasco precisa discutir para o futebol ficar forte como um todo - completou.

No fim da partida contra o Nova Iguaçu, Campello foi até o vestiário para falar com os jogadores. O novo mandatário cruz-maltino, eleito para o triênio 2018-2020, toma posse nesta segunda-feira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos