Vasco apresenta evolução em 2º jogo do ano, mas ainda está inconstante

Após a derrota para o Bangu na estreia do Carioca, o Vasco evoluiu e apresentou um melhor futebol na vitória por 4 a 2 contra o Nova Iguaçu, no último domingo, principalmente no primeiro tempo. Porém, a equipe do técnico Zé Ricardo ainda está inconstante, principalmente na parte defensiva. Isso quase rendeu outro tropeço do Cruz-Maltino, que abriu 2 a 0, sofreu o empate em vacilos, mas teve força para reagir e sair com o triunfo.

Um dos motivos para o Vasco não ter mais a mesma segurança defensiva do ano passada são as mudanças no setor. O clube perdeu Anderson Martins, pilar da zaga, que foi para o São Paulo. Breno, o outro titular, está recuperando a forma após lesão no joelho. Nos dois primeiros jogos, a dupla de defesa não se repetiu. Contra o Bangu, entraram Luiz Gustavo e Ricardo, e contra o Nova Iguaçu o jovem cria da base do Cruz-Maltino, de apenas 19 anos, jogou ao lado de Erazo.

O técnico Zé Ricardo reconhece o problema da equipe, que levou quatro gols nos dois primeiros jogos do ano. O treinador disse que isso acontece por causa da falta de ritmo dos jogadores e as mudanças na defesa.

- Falta consistência. Houve mudanças no sistema defensivo. Há perna pesada, falta de ritmo... O que queremos é mais consistência. Levar quatro gols em dois jogos atrapalha bastante. Precisamos corrigir posicionamentos. Levamos gol de bola parada.

No entanto, o Cruz-Maltino já apresentou um maior volume de jogo contra o time da Baixada Fluminense. No primeiro tempo, com mais movimentação no meio-campo, a equipe dominou o adversário, criou chances e abriu 2 a 0 com facilidade.

Outro ponto positivo no jogo foi o poder de reação do time, muito por conta de Andrey, que entrou bem no segundo tempo. O jovem, de 19 anos, apertou a saída do Nova Iguaçu e ganhou a bola que sobrou para Yago Pikachu fazer o terceiro gol. Depois fez um gol de cabeça aproveitando cruzamento de Wagner para fechar o placar.

Sofrendo com a falta de um centroavante desde a contusão de Luis Fabiano, o Cruz-Maltino conseguiu fazer três gols característicos de 'camisa 9'. O primeiro foi de Evander, que apareceu na área para fazer de cabeça. Andrés Rios, que vem jogando improvisado como referência, fez o segundo se antecipando ao zagueiro e aproveitando cruzamento de Henrique. No fim, Andrey subiu de cabeça para fazer o quarto.

Zé Ricardo contou que vem pedindo para os meias entrarem mais na área para fazer gols. A ordem do treinador já surtiu efeito contra o Nova Iguaçu.

- Sem dúvida (é um pedido meu). A gente cobra muito essa pisada na área dos meias. Importante o Evander estar ali naquele momento. Importante o Rios fazer um gol, um garoto que trabalha muito para a equipe. O terceiro gol aproveitamos uma falha. O quarto presenteou o Andrey que vem se dedicando muito.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos