Mudança de postura e títulos: Rodinei projeta ano de sucesso no Flamengo

A temporada de 2018 chegou e nela uma briga antiga será disputada no Flamengo. Rodinei e Pará querem o posto de titular na lateral-direita do Rubro-Negro e o camisa 2 revelou uma postura mais defensiva, para ajudar o time e mostrar serviço para Paulo César Carpegiani.

Em 2017, Rodinei marcou gols importantes na Libertadores e no Carioca, mas fez questão de afirmar que pensamento sempre vai ser primeiro em marcar, para depois subir para o ataque.

- Ano passado foi uma loucura com esses gols de Libertadores e Carioca... estava mais à frente. Sei que o lateral tem que primeiro marcar de depois atacar. Tenho muito costume de atacar e às vezes fico desligado. Ele (Carpegiani) chegou, me alertou sobre isso e vou me adaptar para esse ano que promete vários títulos.

Dentro do elenco, o camisa 2 também é visto como um jogador muito bom para o ambiente do grupo. Na apresentação de Marlos Moreno, o colombiano falou de Rodinei, como uma peça importante em sua adaptação ao clube e ao Brasil.

- Adaptação dele está sendo boa. Conversei com ele, e eu finjo que converso espanhol. Terceiro ano no Flamengo, concentro com o Cuéllar. Entendo e falo um pouco. Quando Trauco chegou foi assim. Eu penso em ajudar, pois sei que é difícil (a adaptação). Se eu sair, quero que seja assim, por isso ajudo. Não vemos a hora de ter ele em campo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos