Na chegada à Turquia, Robinho já fala em disputar a Champions

Aos 33 anos, Robinho já está em Sivas para assinar com o Sivasspor, da elite turca, que já havia anunciado um acordo verbal com o craque. Pouco antes de realizar exames médicos, Robinho, em entrevista à emissora "Futbol Arena", elogiou o clube e mais: citou a possibilidade de disputar a Liga dos Campeões.

- São meus amigos. Roberto Carlos me disse que é um clube grande, que a torcida é muito boa. Estou muito feliz aqui - disse Robinho, referindo-se ao período em que o lateral-esquerdo atuou no Fenerbahçe (dois anos e meio).

- O projeto é grande, jogar a Champions, vencer o campeonato... É uma liga difícil, mas vou trabalhar duro pelo clube, pela torcida - completou.

Na nova casa, Robinho não encontrará medalhões ou jogadores de seleção, como em outras oportunidades, mas irá se deparar com o compatriota Auremir, lateral-direito ex-Vasco.

Fundando em 1967, o Sivasspor, hoje, ocupa a 8ª posição no Campeonato Turco, com oito vitórias em 18 jogos. A equipe da Süper Lig será a sétima na carreira do craque, que já jogou no Santos, Real Madrid, Manchester City, Milan, Guangzhou Evergrande (CHN) e Atlético-MG, anteriormente.

COTADO NO SÃO PAULO

Ao fim de 2017, Robinho não teve o vínculo renovado com o Atlético-MG. Ele estava na mira do São Paulo, porém dois fatores pesaram contra a vinda do jogador. O Rei das Pedaladas teve três passagens pelo Alvinegro praiano e conquistou títulos importantes, como o bicampeonato Brasileiro (2002 e 2004) e a Copa do Brasil de 2010.

Soma-se a isso o fato do jogador ter sido condenado em primeira instância a nove anos de prisão pelo crime de violência sexual. A sentença foi dada na Itália, mas os advogados do atleta irão recorrer da decisão judicial. Na prática, mesmo com o problema no Velho Continente, não há nada que impeça Robinho de seguir jogando futebol.

UOL Cursos Online

Todos os cursos