Zidane alvo do PSG e CR7 fora de combate: as novidades no Real

O Real Madrid ganhou créditos em meio a um período de crise. No fim de semana último, massacrou o Deportivo La Coruña por 7 a 1, pelo Campeonato Espanhol, com direito a dois gols de Cristiano Ronaldo, que vivia longo jejum no nacional. O técnico Zinedine Zidane, assim, ficou aliviado.

Os dois, aliás, são pauta nesta terça-feira. De acordo com o jornal catalão "Sport", o Paris Saint-Germain monitora de perto a situação de Zidane, a fim de saber a possibilidade de contratá-lo na próxima temporada.

A publicação traz que o PSG pondera contar com um treinador mais estofado para 2018/19, uma vez que Unai Emery, tricampeão da Liga Europa pelo Sevilla, não é visto como um mediador de relações - haja visto, segundo frisa o diário, o que ocorreu com Cavani e Neymar e entre Thiago Silva e Pastore, quando o capitão externou indisciplina por parte do argentino.

Cabe destacar que Zidane e Emery se enfrentam no aguardado duelo pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. O jogo de ida está marcado para o dia 14 de fevereiro, em Madri, enquanto o da volta, ocorrerá 6 de março, em Paris.

CR7 VIRA DESFALQUE

- Vamos ver amanhã. Temos que seguir fortes para, aí sim, recuperar a confiança. Podemos fazer outra boa partida e vencer para nos fortalecermos - comentou Zidane, em entrevista coletiva, referindo-se ao jogo desta quarta.

O adversário da vez será o Leganés, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Rei, marcado para as 18h30 (de Brasília), no Santiago Bernabéu - na ida, os Merengues venceram por 1 a 0.

Para o compromisso em casa, no entanto, Cristiano Ronaldo será ausência. Apesar de ter treinado sem restrições nesta terça, o astro, que levou três pontos logo abaixo do olho esquerdo, não será utilizado por Zidane, que viu o camisa 7 sofrer uma forte pancada no lance em que marcou o seu sexto gol na La Liga, diante do Deportivo.

Logo após o choque com o defensor rival, Ronaldo saiu de campo sangrando bastante e, por isso, pediu o celular do médico para ver a extensão do corte que sofreu na face. Zidane também falou sobre a cena insólita.

- Não podemos controlar o que dizem sobre isso. Ele só pegou o celular para ver o tamanho do corte, e se poderia seguir em campo - comentou o francês.

ZIZOU FALA SOBRE KEPA

Na última segunda, Kepa Arrizabalaga frustrou os planos da diretoria merengue e estendeu o vínculo com o Athletic Bilbao até junho de 2025. Aos 23 anos, o goleiro era apontado como provável reforço do Real. E não rolou.

Também na coletiva, Zidane foi abordado se ficou chateado com a opção de Kepa, já convocado para defender a seleção espanhola recentemente.

- Sim, acreditei (na hipótese de ter Kepa em julho). Mas a minha ideia, e do clube, é de poucas mudanças, sendo que estou muito mais preocupado com os meus jogadores e no que ocorre aqui dentro. Não tenho nada contra Kepa - salientou Zidane, que deve escalar o goleiro Casilla como titular neste dia 24.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos