Com Fla punido na Libertadores, Bandeira garante: 'Vamos recorrer'

A Conmebol divulgou nesta quarta-feira a punição do Flamengo por conta dos incidentes na final da Sul-Americana. Para os dois primeiros jogos da Libertadores, o Rubro-Negro não poderá ter presença de seus torcedores e partidas deverão acontecer na Ilha. Bandeira garantiu que clube irá recorrer.

- Tudo indica que serão na Ilha, mas ainda vamos recorrer. Caso a gente consiga reverter, complica um pouco porque o Maracanã tem shows marcados. Para o primeiro jogo a gente deve ter que olhar outros lugares. Para o segundo não teremos problemas.

A gente não esperava a punição, por isso vamos recorrer - completou o presidente rubro-negro em entrevista ao SporTV.

Bandeira de Mello também falou sobre as medidas que o clube está tomando para combater a violência nos estádios.

- As medidas que estamos tomando, desde daquele dia não tem nada a ver com a punição. O programa de sócio com as organizadas já foi suspenso. Estamos trabalhando para resolver esse problema.

O presidente também comentou sobre a situação de Vinicius Jr e disse que tudo vai depender da vontade do Real Madrid.

O Vinícius Jr fica até o meio do ano, podendo ficar mais um ano. Se eles baterem o martelo, não temos muito o que fazer.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos