Jornal aponta dois motivos que têm desanimado Neymar em Paris

Neymar, como temos visto, é o assunto predileto da imprensa esportiva francesa. Não para menos, uma vez que a badalada chegada do brasileiro ao Paris Saint-Germain se deu por 222 milhões de euros (cerca de R$ 824 milhões), valor recorde no futebol e é cercada de expectativa por tírulos. E ele não estaria satisfeito por lá, apesar do pouco tempo, segundo aponta o jornal "L'Équipe".

Aos 25 anos, o craque não está 100% satisfeito em Paris e pondera a possibilidade de dar adeus. E há dois motivos que fortalecem a dor de cabeça do atacante da Seleção Brasileira e ex-Barcelona, na França desde agosto.

Neymar estaria insatisfeito com a torcida, que, na última semana, na goleada sobre o Dijon por 8 a 0, embora tenha marcado quatro gols e dado duas assistências, saiu do Parque dos Príncipes vaiado. O motivo? Em um pênalti, não ter cedido a Cavani, quando já havia marcado três vezes e, na ocasião, o uruguaio tinha a possibilidade de, se convertesse a chance, tornar-se o maior artilheiro do PSG, isolado - hoje, tem os mesmos 156 gols de Ibrahimovic.

Outro fator que pode cativar Neymar a deixar Paris é que ele considera o futebol local "muito defensivo e fisicamente violento", conforme informa o diário. Ele já teria informado a amigos que prefere o nível do Campeonato Espanhol, cujo atual campeão é o Real Madrid, que está interessado e monitora o seu futebol.

A aguardar se Neymar está realmente insatisfeito e arrependido na capital francesa, ou se tudo não passa de resquícios de uma relação que ainda passa por turbulências e que necessita de ajustes. O fato é que o camisa 10, com dores, não entrará em campo nesta quarta, quando o time de Unai Emery receberá o Guingamp, às 15h30 (de Brasília), pela Copa da França.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos