Marcelo e outros líderes do Real marcam jantar para que CR7 fique

O assunto parece mesmo ter esquentado nos bastidores. Nesta quarta-feira, jornais de Madri afirmam que líderes do elenco do Real Madrid marcaram um jantar extraordinário com Cristiano Ronaldo. O motivo: que o camisa 7 não deixe o clube merengue, onde está desde a temporada 2009/10.

Segundo as publicações, Sergio Ramos, Luka Modric e o brasileiro Marcelo, orquestrados pelo presidente Florentino Pérez, foram à mansão de Ronaldo com suas respectivas esposas. Mãe do craque português, Dolores Aveiro também esteve presente na reunião.

Como o Real Madrid tomou algumas decisões que não agradaram a CR7, os capitães merengues foram conversar a fim de estancar a hemorragia gerada nos últimos anos. Sergio Ramos, segundo indicam os veículos da imprensa, foi apontado como intermediário para saber o real desejo do astro lusitano.

Resta saber se o papo entre os craques deu resultado. Com seis gols no Espanhol, sendo os dois últimos marcados no compromisso mais recente (contra o Deportivo), Ronaldo volta a campo neste sábado, quando o Real Madrid recebe o Valencia, às 13h15 (de Brasília), pela 21ª rodada da La Liga.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos