Oswaldo planeja terminar com rodízio entre titulares e reservas na primeira fase da Copa do Brasil

A comissão técnica do Atlético-MG optou pelo rodízio no time, entre titulares e reservas. Na partida desta quinta contra o Villa Nova-MG, será a vez do time alternativo entrar em campo.

O revezamento entre os times visa aproveitar um tempo maior da pré-temporada para não correr o risco de um desgaste físico grande dos atletas muito cedo. O treinador Oswaldo de Oliveira pretende estar com o elenco completamente preparado já na primeira fase da Copa do Brasil.

- É a nossa referência do momento, não só por ser a Copa do Brasil, mas pelo tempo que nós temos do dia 4 de janeiro até o primeiro jogo da Copa do Brasil. É um jogo decisivo, um jogo só, fora de casa e precisamos vencer. A nossa primeira referência é esse jogo. Até lá nós vamos seguir esse planejamento de duas frentes, dessa bifurcação no início para depois haver um encontro - esclareceu o comandante.

A terceira rodada do Campeonato Mineiro vai ser usada como teste por Oswaldo de Oliveira para os jogadores que não tem muitas chances e estão subindo para o profissional, como Bruno Roberto e Alerrandro. Para os demais, o objetivo é vencer.

- Para quem inicia o jogo não é teste não. São jogadores que a gente conhece e vamos preparar para que eles se desenvolvam. Pode ser teste para o Pablo, Marco Túlio, Bruno, Alerrandro, que precisam de afirmação e oportunidade. Os outros vão com a intenção de vencer a partida e aproveitar a oportunidade - completou o técnico.

O Atlético-MG enfrenta o Villa Nova-MG, nesta quinta-feira, às 18h30, no Castor Cifuentes, em Nova Lima.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos