Após empate com Criciúma, Chapecoense mantém jejum de vitória no Heriberto Hülse

Há 18 anos sem vencer do Criciúma no Heriberto Hülse, a Chapecoense não conseguiu quebrar o jejum, em duelo pela terceira rodada do Campeonato Catarinense. O empate ao 0 a 0, frustou as duas torcidas que acompanharam o jogo no Majestoso. Com o resultado a Chape assumiu o 2º lugar, com 7 pontos, e o Tigre, a 5ª colocação, com 4 pontos.

Criciúma e Chapecoense tiveram muita dificuldade em criar boas jogadas no primeiro tempo. Poucos foram os lances de perigo. Os goleiros quase não trabalharam. A melhor chance da etapa foi da Chapecoense, aos 28 minutos. Guilherme arriscou chute de fora da área e mandou perto do gol. Criciúma e Chape foram para o intervalo sem balançar as redes.

A postura dos times não mudou no segundo tempo. Nenhuma das equipes armava jogadas. As finalizações não eram eficazes. A Chape entrou no jogo só aos 29. Após jogada de Guilherme, Wellington Paulista quase marcou. O Tigre respondeu com Douglas Moreira, aos 34 minutos mas a bola parecia não querer entrar. A partida terminou sem gols.

O próximo desafio da Chapecoense é contra o Joinville, na Arena Condá, Domingo, às 17h. Já o Criciúma encara o Tubarão no domingo às 19h30. A partida será realizada no Domingos Gonzalez.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos