Jardine revela sentimento de orgulho pelos garotos do São Paulo

Não deu para o São Paulo na decisão da Copinha. O time jogou bem contra o Flamengo, mas não conseguiu passar pelo forte sistema defensivo dos rubro-negros e ficou com o vice-campeonato. Apesar do objetivo não ter sido alcançado pelos garotos de Cotia, o sentimento é de orgulho pela campanha.

- Temos motivos de sobra para estar orgulhosos pela maneira que o time se comportou, com um futebol ofensivo como o torcedor gosta de ver o São Paulo. Criamos muito e buscamos o título do primeiro ao último minuto. Vimos uma equipe com muita honra e coragem, jogando sempre um bom futebol. Em nenhum momento no torneio tivemos casos de indisciplina e atuamos sempre com intensidade, disse o técnico André Jardine logo após o fim da partida.

O São Paulo chegou à decisão do torneio invicto. Havia empatado com o Vitória (nas quartas) e Internacional (nas semis). Em ambas, no entanto, saiu vitorioso nas cobranças de pênalti. Contra o Flamengo, a sore não estava ao lado dos tricolores. O time teve mais posse de bola, finalizou mais vezes e, mesmo apoiado pela torcida, viu a equipe carioca sair vitoriosa.

Ao fim da partida, após receberem as medalhas, os jogadores de Cotia fizeram um corredor para parabenizar os campeões da Copinha. A atitude chamou a atenção de torcedores de todos os clubes e foi muito elogiada nas redes sociais. Para quem vive com os meninos e passa todos os dias trabalhando com eles, a atitude de reconhecer a superioridade do adversário é mais um motivo de orgulho.

- A postura, a honra e a maneira como estes garotos defendem o São Paulo nos deixa orgulhosos. São jogadores corajosos e que defendem uma ideia de jogo ofensiva. Não vencemos a Copinha, mas, com certeza, revelaremos grandes atletas para o futuro. O trabalho na base é bem feito, com um setor de captação e excelência desde as categorias menores. E tem dado frutos ao clube. Vamos tentar manter este nível de trabalho para desenvolver novos talentos para o São Paulo, pontuou.

Nos próximos dias, o treinador do time sub-20 terá uma reunião com a comissão técnica do time profissional para definir quais jogadores serão promovidos ao time de cima. A próxima competição que o São Paulo tem pela frente é a Copa Libertadores da categoria, que será disputada entre os dias 10 e 24 de fevereiro, no Uruguai. O Tricolor é o único clube brasileiro que possui este título e busca o bicampeonato.

- Aos pouquinhos, vamos pensar na Libertadores. Quando o juiz apitar nossa estreia lá, eles verão o tamanho da competição e tudo que pode representar uma conquista lá, que consigamos, mais uma vez, trazer esse título para o São Paulo, concluiu Jardine.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos