Dorival fecha o treino, mas não deve mudar formação para o clássico

O técnico Dorival Júnior escondeu o jogo sobre o time que vai enfrentar o Corinthians, no próximo sábado (27), pela quarta rodada do Paulistão. Ainda sob desconfiança da torcida, o São Paulo não deve ter alterações em relação à equipe que iniciou a partida contra o Mirassol, na última quarta (24), e conquistou a primeira vitória do Tricolor (2 a 0) na temporada 2018.

A comissão técnica são-paulina permitiu que os jornalistas assistissem apenas o aquecimento e os momentos finais do último treino antes do Majestoso. Mesmo sem ter acesso aos trabalhos táticos e ao ajuste do posicionamento do sistema defensivo nas bolas paradas, o comandante do Tricolor sinalizou o time que deve mandar a campo para o duelo com o Corinthians, no Pacaembu.

Sendo assim, o São Paulo deve começar a partida com Sidão, Militão, Anderson Martins, Rodrigo Caio e Edimar; Jucilei, Petros e Shaylon; Marcos Guilherme, Brenner e Diego Souza. Exatamente os mesmos onze que começaram a partida contra o Mirassol na rodada passada.

Depois de se envolver em um atrito com a diretoria e, por consequência com os torcedores, o peruano Cueva treinou normalmente no CT da Barra Funda, mas seguiu entre os reservas. A comissão técnica ainda não definiu se levará o meio-capista para o Majestoso. O embate com os gestores do clube surgiu exatamente pelo camisa 10 demonstrar descontentamento em permanecer entre os suplentes.

No fim das atividades, alguns jogadores permaneceram no campo e afiaram a pontaria nas cobranças de pênalti e falta da entrada da área. O meia-atacante Diego Souza acertou um belo chute no ângulo direito do gol defendido por Sidão e ainda carimbou a trave em outra cobrança. O melhor desempenho, no entanto, foi do garoto Shaylon.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos