Com Kazim mal, Carille acena com Júnior Dutra até chegada de novo 9

Apesar de muita luta, o centroavante Kazim não convenceu nos primeiros jogos da temporada 2018 e deve perder seu lugar no time titular do Corinthians já no próximo jogo. Após o clássico contra o São Paulo, no qual o turco teve mais uma atuação apagada, o técnico Fábio Carille saiu convencido de que o momento é de testar uma nova opção e deve ir com Júnior Dutra pelo menos até a chegada de um novo centroavante.

Carille até tentou. Kazim iniciou como titular nos dois jogos da Florida Cup e em três partidas do Campeonato Paulista - marcou um gol na derrota de 4 a 2 para o Rangers (ESC). A única partida em que ficou fora foi contra a Ferroviária. Jogou Júnior Dutra, que havia marcado na rodada anterior na goleada de 4 a 0 sobre o São Caetano. Suficiente para convencer Carille.

Apesar de dizer que não é um autêntico 9, o jogador contratado este ano apresentou boa movimentação e disciplina tática. Tais fatores fizeram inclusive Carille cogitar escalá-lo de cara no Majestoso, mas no fim ele optou por dar nova e, ao que parece, última chance a Kazim,

- Conversei com todos os jogadores, conversei muito com Júnior Dutra. Ele mesmo falou que não suportaria os 90 minutos. O que é melhor? Ele no começo ou no fim da partida? É um mistério. Precisamos ver o que é melhor. Então, optei pelo Kazim porque depois poderia terminar com o Júnior - disse Carille, na coletiva após o jogo.

Enquanto isso, a diretoria segue em busca de um camisa 9, mas a contratação só deve ser feita após a definição do novo presidente. A eleição será no próximo sábado, dia 3. O gerente Alessandro Nunes e o departamento de futebol seguem monitorando nomes e vão apresentar as opções ao novo presidente. Vai depender de quanto o eleito estiver disposto a gastar. O nome de Henrique Dourado, do Fluminense, foi o mais cotado, mas a diretoria atual do presidente Roberto de Andrade recuou com a pedida do Fluminense, cerca de R$ 17 milhões.

Enquanto isso, Carille se vira com o que tem e, agora, com Júnior Dutra. Quem comemora é a torcida, que vinha esperando pela saída de Kazim. Contra o São Paulo, a maioria dos presentes no Pacaembu comemorou quando ele foi substituído, justamente por Dutra.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos