Betão pede desculpas aos torcedores do Avaí depois de atuação ruim

O empate entre Avaí e Figueirense no último domingo, por 3 a 3 ficará na memória das duas torcidas. Certamente os jogadores também irão se recordar, em especial Betão. O zagueiro falhou em dois gols e não segurou as lágrimas após o confronto. Uma das referências do Avaí, o zagueiro se desculpou pela atuação. Usando sua conta em uma rede social, Betão falou sobre o tema.

- Bom, agora de cabeça mais fria... Deus só dá uma carga que possamos suportar. Agradeço aos meus companheiros pela luta até o final e a todo torcedor pelo apoio incondicional e por diversas mensagem que tenho recebido. Uma das coisas que mais me entristece é decepcionar aqueles que confiam em mim... pois bem, por outro lado foi bom que isso tenha acontecido comigo e não com qualquer "menino" que esteja iniciando sua carreira. Vida que segue, sei que posso contar sempre com vocês. Com toda certeza, isso só serviu para aumentar meu comprometimento com essa camisa e com toda essa nação. Um dia para ser esquecido? Que nada, um dia que jamais esquecerei, pois demonstraram o tamanho do carinho e respeito que tem por mim. Mais uma vez de coração agradeço pelo apoio de vocês, foi demais ouvir vocês gritando meu nome após a partida - publicou o jogador.

Em entrevista a rádio CBN/Diário, o zagueiro reconheceu o mau desempenho, e se disse chateado. Além disso, reforçou o pedido de desculpas a torcida avaiana.

- Eu sou um jogador que tenho certa experiência, sei assumir meus erros. Foi um dia para eu me esquecer, fazia tempo que não jogava tão baixo nível, errando em erros capitais. Pode colocar dois gols na minha conta, acontece. Fico triste, porque a gente se dedica muito, errar em clássico é difícil, mas agradeço à torcida, peço desculpa, eles sempre me apoiaram. Decepcionar em um jogo assim é complicado. A gente sabe o incentivo que eles têm nos dado, pelo carinho, pela profissão, eu sempre me dedico. Quando as coisas não saem bem, eu fico chateado - afirmou Betão.

Alemão, seu companheiro de zaga, saiu em sua defesa. Para o defensor, as falhas fazem parte e o jogador tem moral com a camisa do Avaí.

- Quantas partidas boas o Betão fez aqui? O erro dói mais em clássico, mas eu já falhei, o Marquinhos. O grupo está com ele, temos que nos ajudar sempre. Precisamos estar todos sempre juntos - comentou o atleta.

Em terceiro lugar, com sete pontos, o Avaí volta a campo nesta quarta-feira, 20h30, novamente na Ressacada. Pela frente, o Concórdia, na quinta rodada do Campeonato Catarinense.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos