Sem pressa por zagueiro, Palmeiras acha paraguaio do Milan muito caro

O Palmeiras está satisfeito com os zagueiros que tem no elenco hoje, mas analisa o mercado para possíveis oportunidades após a saída de Mina. Uma delas é o paraguaio Gustavo Gómez, do Milan, que foi oferecido, mas a forma de negócio não agradou ao Verdão.

O time italiano está disposto a vender o defensor de 24 anos, mas no Palmeiras o valor é considerado caro demais - a imprensa argentina fala em 7 milhões de euros (R$ 27,3 milhões) por 80% dos direitos econômicos. Desta forma, não há negociação.

Caso o Milan tope diminuir sua pedida, ou aceite emprestá-lo, as chances de o Verdão contratar o zagueiro aumentam. Não seria a primeira vez no clube em que uma negociação, antes descartada internamente, ganharia força a partir da mudança na forma de negócio.

Gómez não está em conversas apenas com o Palmeiras - o Boca Juniors (ARG) é outro interessado no paraguaio. A equipe argentina, rival alviverde na Libertadores, também esbarra na pedida do Milan.

O Verdão recebeu 10 milhões de euros (R$ 39 milhões) pela venda de Mina ao Barcelona (ESP), mas não considera obrigatório trazer alguém para reposição. Apenas se for um jogador bem avaliado e em uma condição financeira favorável ao clube.

Dos zagueiros que estão à disposição de Roger, Antônio Carlos e Thiago Martins começaram o ano como titulares, Edu Dracena deve ficar à disposição nas próximas semanas, enquanto Luan e Juninho são os reservas imediatos. Emerson, ex-Botafogo, e Pedrão, promovido da base, estão no elenco, mas não foram inscritos no Paulista.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos