Fluminense cobra do Sport valor da venda de Diego Souza ao São Paulo

  • Rubens Chiri/São Paulo

    Diego Souza já estreou e marcou gol pelo time paulista

    Diego Souza já estreou e marcou gol pelo time paulista

Anunciado como reforço do São Paulo em 7 de janeiro, Diego Souza já estreou e marcou gol pelo time paulista, mas é pivô de uma briga entre Fluminense e Sport, últimos dois clubes do meio-campista antes do Tricolor do Morumbi.

Em nota oficial, a diretoria do Fluminense reforçou que manteve 50% dos direitos econômicos do jogador quando o negociou com o Sport em março de 2016. Assim, o clube das Laranjeiras entende que deve receber R$ 5 milhões pela venda do Diego Souza ao São Paulo, que o comprou por R$ 10 milhões.

Na nota, o Fluminense ainda destacou que o "contrato é claro e e estabelece formalidades que foram ignoradas" pelo Sport, além de garantir que o clube das Laranjeiras "nunca abriu mão de percentual algum do atleta".

Confira na íntegra a nota divulgada pelo Fluminense sobre o 'caso Diego Souza':

O Fluminense é detentor dos 50% dos direitos econômicos do meia Diego Souza e já notificou o Sport de que só aceita receber o valor que lhe é de direito da negociação do jogador com o São Paulo. O Tricolor nunca abriu mão de percentual algum do atleta e fará valer o que está no contrato firmado em março de 2016, quando Diego Souza acertou a volta a Recife. Sobre o que foi veiculado na manhã desta terça-feira, o pagamento de R$ 1 milhão foi sugerido antes do início desta negociação. O contrato é claro e estabelece formalidades que foram ignoradas pelo clube pernambucano.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos