Clube da Turquia contrata jogador usando bitcoins

Uma equipe de futebol amador da Turquia fez história no futebol mundial, mas não foi por um trabalho dentro das quatro linhas. Foi na contratação. Mas, não foi uma contratação que está entre as mais caras do mundo, o valor foi bem modesto. O pioneirismo do Haranustaspor foi pela forma de pagamento: Bitcoins. A equipe, que disputa uma divisão regional na província de Sakarya, foi a primeira na história do futebol mundial a usar a moeda virtual como forma de pagamento de uma contratação.

Omer Faruk Kiroglu foi o jogador, que também que entrou pra história por receber o valor de 0,0524 biticoins (equivalente à R$1,7 mil) e mais 2500 liras turcas (equivalente à R$2 mil), totalizando 3.700 reais da transferência. O valor não é alto, mas a forma de pagamento é nova no meio esportivo. O presidente do clube explicou, em entrevista a "NTV Spor" que a ação foi uma forma de divulgar o nome do clube:

- Nós fizemos isso para divulgar o nosso nome no país e no mundo. Isso é inédito para a Turquia e para o mundo no mercado de transferências. Nosso nome está sendo mencionado na televisão como se fôssemos um time profissional. Estamos orgulhosos disso. - explicou Haldun Sehit.

Entenda o que é o bitcoin

O Bitcoin é, atualmente, a moeda virtual mais conhecida do mundo. Foi criada em 2008, mas não é emitida pelo Banco Central de nenhum país e sua criação foi condicionada a um computador. A moeda também foi a primeira a usar a criptografia. Já existem empresas que aceitam o pagamento em Bitcoin, no entanto, a aceitação ainda é restrita. É comum trocar Bitcoin por outras moedas em casas de câmbio para realizar compras com o dinheiro. O Bitcoin sofreu uma enorme valorização e atualmente, o preço dessa criptomoeda equivale a R$ 32,6 mil.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos