Guerra na justiça: Neymar e Barça devem travar duelo por renovação

Neymar e Barcelona devem travar uma guerra judicial nos próximos dias. É assim que o assunto é tratado e trazido pelo jornal espanhol "El Mundo", nesta quarta-feira. A publicação afirma que o camisa 10 quer receber 26 milhões de euros (cerca de R$ 103 milhões) referentes a bônus de renovação de contrato com o Barça, o que se deu em outubro de 2016.

O Barcelona, por sua vez, não pretende pagar a quantia ao astro da Seleção Brasileira, alegando que o atleta optou transferir-se ao Paris Saint-Germain, o que invalidaria o acordo. Com 10% de juros, a quantia poderia chegar a quase 30 milhões de euros (aproximadamente R$ 118 milhões).

E a guerra deve ter ataque dos dois lados. Isso porque, de acordo com o veículo, o Barcelona quer que Neymar pague algo em torno de 75 milhões de euros (R$ 297 milhões) ao clube. O valor está atrelado a uma parte do bônus que o craque recebeu pela renovação, além de multas e prejuízos em decorrência de sua saída.

Em outubro de 2016, Neymar estendeu o vínculo com o Barcelona até junho de 2021. No papel, estavam previstas luvas que seriam divididas em duas partes. Os Blaugranas alegam que precisam receber pelo rompimento do acordo, situação que se deu em agosto do ano passado.

Agora, ao que tudo indica, a relação de Neymar com o Barcelona, por onde passou quatro temporadas e acumulou títulos, só terá ponto final na justiça.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos