'Menor gasto' faz de Henrique Dourado a grande aposta do Fla

Apesar da torcida do Flamengo questionar a contratação de Henrique Dourado, a diretoria rubro-negra vê a chegada do Ceifador como um grande acerto, em especial na parte financeira. O Rubro-Negro conseguiu baixar a multa rescisória do atacante - que girava em torno de R$ 17 milhões - e ainda economizar em salários para contar com o principal goleador do Brasil, em 2017.

Segundo pessoas ligadas a diretoria do Flamengo, Henrique Dourado estará dentro dos padrões salariais considerados 'aceitáveis'. Isto é, o Ceifador não chegará na Gávea recebendo o que é estipulado como teto salarial. Nomes como Diego Alves, Diego, Éverton Ribeiro e o próprio Paolo Guerrero - que está com o contrato suspenso - para efeito de comparação, terão vencimentos bem acima do que o Ceifador.

Comenta-se que o jogador terá um valor parecido com o salário das Laranjeiras. No Fluminense, com direito de imagem, Henrique recebia em torno de R$ 400 mil. De qualquer maneira, o Fla irá pagar menos ao goleador do que propôs para tentar o volante Walace e Vagner Love. Até mesmo o zagueiro Pablo tinha um acerto apalavrado um pouco abaixo dos teto salarial estipulado.

O planejamento da diretoria, com base em conversas com Paulo César Carpegiani, passa muito em "não gastar por gastar". O caso de Henrique Dourado é simbólico. Mesmo tendo que dispor R$ 11,5 milhões pelo atacante, que vai firmar um vínculo de quatro anos, ele foi encontrado como a solução financeira mais viável. Todos os outros na mira teria que dispor quantia maiores pelos direitos econômicos, além de salários mais elevados.

No caso de Walace, o Flamengo teria que pagar pelo empréstimo de uma temporada, além dos altos vencimentos, que o Hamburgo, da Alemanha, não iria arcar. Com Love, a mesma coisa. Pesou contra o volante também, soluções caseiras e mais baratas. Ronaldo, por exemplo, tem a mesma idade de Walace.

Foi debatido a necessidade de dispor uma alta quantia em um jovem jogador, sendo que já existe soluções mais viáveis e baratas dentro do próprio elenco. Por fim, não descarta-se, em um ou dois anos, negociar Henrique Dourado e recuperar uma parte do investimento. Mercados alternativos podem ser uma solução para recuperar uma boa parte do investimento que será feito pelo Ceifador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos