Presidente do Goytacaz é preso com carro roubado em Campos

O presidente do Goytacaz, Dartagnan Fernandes, se envolveu em um caso de polícia na manhã desta quarta-feira. Segundo informações divulgadas pelo "G1", o dirigente foi detido na BR-101, em Campos dos Goytacazes (RJ) conduzindo um carro roubado.

Os policiais afirmaram que Dartagnan Fernandes Nunes Júnior foi abordado na altura do quilômetro 62 da BR-101, durante uma operação feita pela PRF. O mandatário do Goyta não apresentou de imediato a documentação do veículo, que foi roubado no ano de 2014.

Após o episódio, os policias levaram o presidente do Goytacaz para a Delegacia da Polícia Federal, em Campos. Segundo informações do diário "Folha da Manhã", em Campos, o dirigente prestou depoimento e foi autuado por receptação e documentação falsa.

A PRF afirmou que o veículo (que ao ser apreendido mostrava uma placa de Muriaé-MG) foi roubado no Rio de Janeiro e teve sua placa clonada. Inicialmente, o carro teria placa de Macaé. No depoimento, Dartagnan Fernandes declarou que comprou o veículo em uma agência de carros em Campos.

O advogado do dirigente, Luiz Felipe Gomes Pinto, afirmou que Dartagnan só dará entrevista após uma audiência de custódia ocorrida ainda nesta quarta-feira. A assessoria do clube ainda não se manifestou sobre o episódio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos