Roger Bernardo busca espaço no time do Atlético-MG

Contratado pelo Atlético-MG no início de 2017, o volante Roger Bernardo só chegou ao clube no meio da temporada brasileira. O jogador fez apenas 12 partidas pelo Alvinegro. Neste ano, ele não foi acionado em nenhuma oportunidade pelo técnico Oswaldo de Oliveira. O atleta busca seu espaço, mas deixa claro: se a oportunidade não vier no Atlético-MG, poderá vir em outro time.

- Espero que sim. Quero muito continuar no Atlético-MG, ainda tenho dois anos e meio de contrato, mas se a hora não chegar aqui, pode ser em outro lugar, ninguém sabe. Futebol roda muito. Como aconteceu com outros jogadores nossos. Pessoalmente quero jogar no Atlético-MG e mostrar por que eu vim, mas se não for essa a vontade de Deus, primeiramente, e a vontade das outras pessoas, ou não der certo aqui, vou seguir meu caminho em outro lugar ou até retornar para a Alemanha - afirmou Roger Bernardo.

Apesar da situação desfavorável na briga por um lugar no time titular, Roger garante que não está insatisfeito pessoalmente, mas fica chateado pelo rendimento coletivo.

- Se a gente for colocar no modo individual, estou satisfeito, mas no coletivo não estou. Foram apenas 12 jogos desde que retornei. Estou treinando bastante e aguardando a oportunidade, mas respeitando todos - concluiu o volante.

O jogador afirmou que não tem prazo certo até que tome uma decisão de deixar o clube. Roger afirma que vai seguir aguardando a oportunidade na equipe.

- Se fosse por mim, estaria jogando. Esse prazo não existe. Depende de comissão técnica, treinador, fisiologista, preparador físico. Tenho que aguardar. Tenho contrato e pretendo cumprir até o fim - enfatizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos