Torcida volta a São Januário e Vasco vence Voltaço, mas fica fora da semi

O reencontro da torcida do Vasco com São Januário foi com vitória sobre o Volta Redonda: 2 a 0 neste domingo, com gols de Thiago Galhardo, Bruno Costa (contra) e Bruno Cosendrey. O resultado, porém, não serviu ao time de Zé Ricardo, que somou um ponto a menos que o Bangu e está fora da semi da Taça Guanabara.

De positivo, o técnico pôde observar as estreias seguras dos reforços Paulão, Fabrício e Werley e os terá como opções para a partida decisiva de quarta-feira, contra a Universidad de Concepción, do Chile, pela Copa Libertadores.

VITÓRIA SEM SUSTOS

O Vasco precisou de apenas 18 segundos para abrir o placar. Thiago Galhardo. O meia aproveitou o erro na saída de bola do Voltaço, invadiu a área e fez a alegria dos torcedores.

O controle do jogo era total, com Andrey carimbando a bola no meio e Rildo bem aberto pela esquerda. Foi justamente assim que saiu o segundo gol. O atacante recebeu na entrada da área e cruzou. Bruno Costa desviou contra a própria meta: 2 a 0.

O ritmo caiu na etapa final. O Vasco seguiu com o controle e Bruno Cosendey, que havia acabado entrar, fez 3 a 0 com um chutaço de fora da área. O Voltaço diminuiu com Marcelo em seguida e parou por aí.

ESTREANTES VÃO BEM

De olho no jogo da Libertadores, quarta-feira contra Universidad de Concepción, Zé Ricardo escalou um time alternativo, promovendo as estreias de Fabrício e Werley, reforços do Vasco para 2018. A dupla foi bem.

A verdade é que o ataque do Volta Redonda não exigiu muito da parte defensiva, especialmente na primeira etapa. Assim, a missão dos reforços na defesa foi mais tranquila. Por outro lado, o lateral Fabrício se entendeu bem com Rildo e foi uma boa opção de ataque pela esquerda.

Quem também voltou a atuar pelo clube foi o zagueiro Paulão. O camisa 3 teve uma participação segura, afastando as poucas bolas que chegaram à área de Martin Silva. O goleiro uruguaio foi pouco exigido.

TORCIDA DÁ O RECADO

"É quarta-feira!": ao fim da partida em São Januário, os torcedores do Vasco deixaram claro que as atenções já estão voltadas para a decisão diante da Universidad de Concepción pela Libertadores.

O Cruz-Maltino tem grande vantagem para avançar à segunda fase da Copa: venceu por 4 a 0 no Chile e pode perder por até três gols de diferença que se classificará, mas a expectativa geral é por outra vitória e boa atuação.

FICHA TÉNICA

VASCO 3 x 1 VOLTA REDONDA

VASCO: Martin Silva; Rafael Galhardo, Werley, Paulão e Fabrício; Bruno Paulista (Bruno Cosendey, 15'/2°T), Andrey, Caio Monteiro, Thiago Galhardo e Rildo (Hugo Borges, 32'/2°T); Riascos (Paulo Vitor, 21'/2°T) T: Zé Ricardo

VOLTA REDONDA: Douglas, Luiz Gustavo, Bruno Costa, Gilberto e Luiz Paulo; Bruno Barra e Marcelo; Rafael Granja (Luã Lúcio, 21'/2°), Jorge Luiz (Pablo, intervalo) e Dija Baiano; Anselmo (André, 14'/2°T)

T: Felipe Surian

ÁRBITRO: Pathrice Wallace Correa Maia (RJ)

GOLS: 18" 1ºT Thiago Galhardo (1-0) ; 15' 1ºT Bruno Costa (contra) (2-0) ; 27' 2ºT Bruno Cosendey (3-0) e 28' 2ºT Marcelo (3-1)

PÚBLICO/RENDA: 2.098 pagantes / R$ 52.220,00

CARTÕES: Jorge Luiz, Luiz Gustavo, Pablo (VOL)

LOCAL: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos