Sem Copete, Santos abre disputa por vaga entre Gabigol e Rodrygo

Rodrygo e Gabigol podem reforçar o Santos no sábado, contra a Ferroviária, em Araraquara, pelo Paulistão. Mas isso não significa que os Meninos da Vila vão jogar lado a lado. Copete levou o terceiro cartão amarelo no clássico contra o Palmeiras e desfalca o time, que só terá uma vaga aberta para um dos dois candidatos.

A tendência é que o mais jovem, de 17 anos, comece como titular. Uma das preocupações do técnico Jair Ventura em relação ao garoto era com sua força física. Uma das explicações do treinador para o destaque da base atuar poucos minutos era o fato de não saber quanto tempo ele aguentaria jogando de igual para igual com os adversários.

A situação de Gabigol é pouco semelhante. O camisa 10 jogou pela última vez no dia 5 de dezembro, pelo Benfica, apenas por 17 minutos. Ele não estava nas condições ideais para reestrear contra o Palmeiras e poderá entrar por poucos minutos até estar apto para uma partida completa. No jogo-treino contra o Água Santa, o atacante esteve em campo por 20 minutos e fez um gol.

Promovido no fim do ano passado, Rodrygo já tem dois gols sob o comando de Jair Ventura, todos marcados após entrar no segundo tempo. Em todas as ocasiões, o garoto foi utilizado pelo lado esquerdo do ataque. Gabriel, por outro lado, deve aparecer pela direita ou mesmo como centroavante.

Bruno Henrique, que sofreu um trauma nos olhos, segue se recuperando, mas ainda não foi liberado para treinar com bola e tem poucas chances de jogar no sábado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos