Tigres diz que Zelarayán fica; Santos bate o pé por empréstimo

O prazo de dez dias para contratar um meia (estipulado pelo presidente José Carlos Peres) diminuiu, mas ainda restam oito para o Santos ter um novo armador. No entanto, as notícias do México envolvendo Lucas Zelarayán não são animadoras. A jornalistas mexicanos, o dirigente do Tigres Miguel Garza afirmou que o argentino permanecerá no clube.

A diretoria do Peixe, que até terça-feira adotava tom otimista pelo empréstimo do meia, disse não ter sido avisada sobre o fim das negociações. A prioridade do Alvinegro era ter o argentino por empréstimo até o fim de 2018.

Um dos entraves na negociação, além do salário, é o valor de compra fixado ao fim do término do vínculo. Comprado em 2015 do Belgrado, da Argentina, Zelarayán ainda não deu o resultado esperado ao mexicanos, que querem tentar recuperar o investimento feito.

O Santos busca um meia desde o começo da temporada, quando já não contava mais com Lucas Lima. Uma das esperanças do técnico Jair Ventura, que vem utilizando Vecchio na função, é do retorno de Vitor Bueno, que está em fase final de recuperação de uma cirurgia no joelho.

UOL Cursos Online

Todos os cursos