Jefferson diz que grupo não dormiu após queda e promete 'suar sangue'

  • Vítor Silva/SSPress/Botafogo

Um dos principais líderes do elenco do Botafogo, o goleiro Jefferson conversou com a imprensa na manhã desta quinta-feira. Nem um pouco evasivo, o camisa 1 do Alvinegro revelou que o elenco pouco dormiu da noite da última terça para quarta-feira. Ele confirmou também que houve uma reunião do elenco com os jogadores.

"Nós fomos dormir 7h. Na manhã do dia seguinte, nós reunimos e conversamos. Esta derrota está doendo muito na gente. E tem que doer mesmo", comentou o arqueiro de 35 anos, que chegou a 442 jogos diante da Aparecidense e entrou no Top 5 dos jogadores que mais atuaram pelo clube.

Ele garante: apesar de feliz pela marca, trocaria esta e qualquer outra por títulos do Botafogo. Para alcançar tal feito, se for preciso 'suar sangue', os jogadores farão. É o que promete Jefferson.

"Do que adianta chegar a 500 jogos pelo clube se a gente estiver na Série B? Falo com os jogadores que nós temos que nos unir e trazer um título de expressão pro clube. Não que o Carioca não seja importante, mas precisamos muito desse título. Para contornar essa situação, só tem um jeito: deixar tudo contra o Flamengo. Vamos suar sangue", prometeu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos