Invicto há 500 dias, Jailson lembra de início no Verdão e diz: 'Para poucos'

No sábado, Jailson completou 500 dias sem perder e ampliou para 27 jogos a sua atual sequência de invencibilidade (19 vitórias e oito empates). Titular do Palmeiras, o único time com 100% de aproveitamento no Paulista, o goleiro diz que sua carreira é para poucos, lembrando da chegada tardia ao Verdão e a demora para conseguir estrear.

- Eu sempre penso: tudo tem seu momento e hora certa. Eu me preparei bastante, cheguei ao Palmeiras em 2014, fiquei um ano e meio só treinando, ouvi muitas coisas, nego falando mal e eu fui guardando para mim. E hoje com meus companheiros posso mostrar meu potencial - comemorou.

Hoje aos 36 anos, o camisa 42 foi contratado quando Fernando Prass se recuperava da primeira fratura que sofreu no cotovelo direito. Então reserva no Ceará, ele foi atuar apenas no ano seguinte. Após três jogos (dois amistosos e uma partida oficial), teve de parar por uma lesão no tendão do pé direito e foi operado. A maior chance veio em 2016, quando Prass novamente se machucou, e Jailson, então terceiro goleiro, entrou para conquistar o Brasileiro.

Reserva no início de 2017, teve outra chance com a volta de Cuca, mas sofreu uma lesão no quadril e parou por quase três meses. Com Roger Machado, foi efetivado como o titular, deixando o camisa 1 e Weverton, contratado nesta janela, no banco.

- Sou um cara iluminado, É para poucos chegar com a idade que cheguei, aos 33 anos. Agradeço aos meus companheiros, à minha família. Como eu falo, tem também o Fuzato, Vinicius, Fábio, Deola, são todos excelentes goleiros, mas estou numa fase maravilhosa. Agradeço a Deus e aos meus companheiros - completou o goleiro, que rendeu uma brincadeira de Dudu depois do jogo contra o Mirassol, que arredondou a sequência sem derrotas.

- Fico feliz por ele, o Jailson merece, esperou tanto uma chance e quando apareceu sempre nos ajudou e vem ajudando. Cara excelente, amigo de todos. Tomara que ele complete 1000, 2000 dias sem perder, que o Palmeiras vai estar bem - afirmou o capitão.

UOL Cursos Online

Todos os cursos