Abel elogia presença da diretoria e salários em dia e descarta ida ao Galo

Na véspera do jogo decisivo contra o Salgueiro-PE, a direção tricolor acompanhou a atividade no CT Pedro Antonio. Nos poucos minutos abertos à imprensa, o presidente Pedro Abad, o diretor Paulo Autuori e o vice-presidente Fabiano Camargo foram observados na beira do gramado.

Na coletiva do técnico Abel Braga, ele ressaltou a presença da diretoria para o bom ambiente de trabalho do clube das Laranjeiras.

- Hoje o Fabiano Camargo esteve novamente aqui conosco e isso é muito importante para o entrosamento do futebol com a direção. Estamos evoluindo.

A relação entre diretoria e elenco profissional do Fluminense vive um momento de calmaria após um início de ano turbulento, com dispensas de atletas e salários atrasados. Hoje, os vencimentos estão em dia e Abel Braga agradece.

- Quando está com salário atrasado, você nunca vai se dirigir ao jogador com 100% de certeza se ele vai te responder. Ele pode falar que não pode ser cobrado pois não está recebendo. Vou me revoltar com ele? Não - disse Abel, antes de seguir:

- Jogador com salário atrasado não se dedica menos. Agora, não resta dúvida, com tudo regularizado, temos um problema a menos. E isso é muito bom.

Após a demissão de Oswaldo de Oliveira do Atlético-MG, o técnico do Fluminense foi especulado como um possível nome para assumir o cargo. Na coletiva desta quinta-feira, Abel Braga evitou falar no assunto, sem confirmar um convite do clube mineiro e garantindo que não deixará o Flu.

- Prefiro não falar se aconteceu ou não. Gallo (dirigente no clube mineiro) foi meu jogador, sabe da minha postura. Se tinha interesse, não importa. Vou trocar de camisa para ganhar mais? Nunca fiz isso, não farei agora - resumiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos