Com gol nos acréscimos, Criciúma vence Joinville e deixa lanterna

A luta do Criciúma contra a lanterna ganhou um novo capítulo na oitava rodada do Campeonato Catarinense. Após de ter saído na frente do Joinville, o Tigre sofreu empate, mas virou o jogo já nos acréscimos e garantiu a vitória por 2 a 1. As equipes realizaram uma partida equilibrada, com poucas chances de gol dos dois lados, e mesmo com dificuldade para oferecer perigo ao rival, João Paulo balançou as redes duas vezes a favor do Criciúma.

Do outro lado, Rafael Grampola diminuiu para o JEC. O resultado deixa o Criciúma com oito pontos, três a mais que o Tubarão, lanterna da competição. Apesar da derrota, o Joinville segue na terceira colocação, com 12 pontos.

PROTESTO DA TORCIDA

A partida, marcada para às 20h30 sofreu atraso devido a um protesto da torcida do Criciúma contra a diretoria do clube. Como crítica a atuação do time nesta temporada, membros de organizadas deixaram os instrumentos musicais de lado e cruzaram os braços exibindo faixas com os dizeres "Diretoria amadora" e "Fora, Dal Farra". O atraso se deu pelo fato de que o árbitro da partida, Fernando Henrique de Medeiros Miranda, se recusou a dar o apito inicial sob manifestação e solicitou a polícia para a retirada de uma faixa.

Pressionado, o Tigre entrou em campo determinado e saiu na frente logo no primeiro minuto de jogo. Livre na área, João Paulo completou a jogada de Mailson pela esquerda e carimbou as redes. Após o gol, a torcida retirou o restante das faixas da arquibancada. Apesar de o Criciúma precisar da vitória para escapar da lanterna, a equipe conseguiu segurar a vantagem por pouco tempo, porque Rafael Grampola empatou para o JEC com um gol de pênalti aos 25 minutos, deixando o goleiro Luiz sem chances de defesa.

SEGUNDO TEMPO MARCADO POR FALTAS

Na volta para a segunda etapa, Grizzo promoveu duas alterações no Criciúma. O lateral Jean Mangabeira deu lugar a Eltinho, enquanto o meia Wallacer foi substituído por Luiz Fernando. Com uma atuação mais ofensiva, a quantidade de faltas aumentou. Evaldo, que levou cartão amarelo após falta em Mailson, ganhou suspensão automática para a próxima rodada e ainda saiu lesionado de campo. No total, dez cartões amarelos foram aplicados e o placar só mudou aos 47 minutos do segundo tempo, quando João Paulo invadiu a área pela direita e carimbou sua marca na rede do rival, fechando a vitória do Tigre por 2 a 1.

PRÓXIMOS JOGOS

No próximo domingo, o Criciúma dá sequência a sua luta para se afastar da zona de rebaixamento diante do Hercílio Luz, no Estádio Anibal Costa. A partida, válida pela nona rodada do Campeonato Catarinense, acontece às 19h30. Na Arena Joinville, o JEC recebe o Tubarão às 17h, em busca de uma posição na parte de cima da tabela.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos