Brasileiro faz dupla com Podolski e dá assistência para empate no Japão

Na abertura da temporada da elite do futebol japonês, o Vissel Kobe contou com assistência do brasileiro Wellington Tanque para empatar em 1 a 1 com o Sagan Tosu. O paulista de Ourinhos, que está desde 2013 na Terra do Sol Nascente - com uma breve passagem pela Ponte Preta em 2015 - comentou a estreia pelo novo clube.

- Entrei por volta dos 20 minutos do segundo tempo e tive a felicidade de dar a assistência pro gol de empate da nossa equipe. Talvez pelo fato de ser uma estreia, começamos mal o jogo, e nosso zagueiro cometeu um pênalti com apenas três minutos, o que nos dificultou, ainda mais atuando fora. Na segunda etapa melhoramos, e empatamos. Acabou não sendo tão ruim - disse o jogador.

No próximo sábado, o Vissel, que também conta com o alemão Podolski, fará sua estreia em casa, recebendo o Shimizu. Durante a partida do último sábado, Tanque foi hostilizado pela torcida adversária. Gols antigos justificavam a ira dos torcedores.

- Eles já me conheciam, pois o Fukuoka, meu ex-clube, é rival do Tosu, e ficaram com receio por passarmos a ter dois caras altos na frente. A torcida, por sua vez, me vaiou muito. Felizmente no final, eu acabei podendo ajudar meus companheiros a garantir um ponto importante - definiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos