Maycon se põe disponível no Timão, mas admite: não quer ser lateral

O volante Maycon foi um dos destaques do Corinthians na vitória por 2 a 0 sobre o Palmeiras, mas em uma posição diferente: na lateral esquerda. Após Juninho Capixaba "sentir" a titularidade no Timão, como o próprio técnico Fábio Carille afirmou, Maycon foi o escolhido para iniciar o clássico. Apesar de ter ido bem, ele admitiu que prefere atuar no meio de campo.

- Disse para o Fábio que não é a minha, não é o que eu quero, mas vou ajudar da melhor forma possível, vou errar e acertar - afirmou Maycon, que já vinha treinando na lateral esquerda nas últimas semanas.

- Confesso que eu estava meio ansioso, meio receoso também. Não é uma função que eu domino muito bem. Por mais que tivesse jogado na base nessa posição, não é a minha posição de origem, mas o Corinthians, no que precisar de mim, eu vou ajudar da melhor forma. Minha posição é o meio e, se puder jogar no meio, vou jogar no meio. Mas deixo para o Fábio, ele que decide, e vou jogar onde ele decidir - acrescentou.

O técnico Fábio Carille também analisou a mudança na lateral. Além de Juninho Capixaba e agora Maycon, o treinador terá à disposição Sidcley, contratado por empréstimo do Atlético-PR.

- Em 2015 ou 2014, Maycon jogou no sub-20 o ano inteiro como lateral-esquerdo. Tivemos que acelerar o processo com o Juninho, algo que não gosto muito, mas teve por necessidade. Ele sentiu, temos que ser verdadeiros. Mas acredito no Juninho, que vai passar por esse processo e vai dar uma resposta boa - disse Carille.

Maycon comenta chance de ir para o Shakhtar

O volante esteve na mira do Shakhtar Donetsk (UCR), mas a proposta oficial não chegou ao Corinthians. Em uma entrevista coletiva, inclusive, Carille afirmou que Maycon estava empolgado com a oportunidade de transferir-se para o futebol europeu. O jogador comentou a negociação.

- O Fábio até falou que eu estava ansioso para ir após uma conversa nossa, talvez eu tenha me expressado errado para ele, estava tranquilo, com a cabeça no Corinthians. Meus empresários falaram para eu manter a cabeça aqui, porque era uma transferência difícil, com muitos pontos para acertar. Deixo a responsabilidade nas mãos da diretoria, a janela fecha na sexta-feira (dia 2 de março) - disse Maycon, que tem contrato com o Timão até o fim de 2021.

- Eu estava buscando o meu espaço, treinando forte mesmo com tudo isso acontecendo. Respeito muito o Corinthians, essa é minha casa, estou muito feliz aqui. Se for sair, tem que ser bom para todo mundo - completou o volante.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos