'Sai, uruca'! Valencia inicia nova fase e empolga com primeiro gol

Ufa. Demorou, mas saiu, e com muito estilo. Após 21 partidas, Leo Valencia marcou um gol com a camisa do Botafogo pela primeira vez, na última quinta-feira, diante do Nova Iguaçu, na estreia da Taça Rio. Enquanto as atenções estavam voltadas para a estreia de Alberto Valentim, o chileno respondeu bem à confiança depositada pelo novo treinador, que o escalou como articulador ao lado de João Paulo, e acertou um lindo chute de falta.

Nas redes sociais, a repercussão foi imediata, com muitos memes e compartilhamento de vibração, enaltecida com o fator ineditismo. O gol de Valencia foi o segundo da partida, que encerrou com vitória por 2 a 1, e levou o chileno a fazer o tradicional gesto de "sai, uruca" na comemoração.

O gol sai após pouco mais de sete meses de Valencia no Brasil. Para tê-lo, cabe lembrar, o Botafogo teve que vencer uma queda de braço com o Vasco. E a motivação para recrutar o meia muito tem a ver com a colaboração de luxo que Valencia deu ao eliminar outro rival, o Flamengo, na Copa Sul-Americana de 2016, quando era o destaque do Palestino, de seu país natal.

- O Leo se cobra muito. Tem aquela raça, vontade de vencer. Vinha se cobrando muito, não sei se atrapalhava, é dele. Foi muito bom para ele, como foi, da vitória. Fez muito bem para ele - comentou Marcinho, que ainda completou:

- Quanto à cobrança de falta, vou pedir pra bater umazinha (risos).

Mesmo irregular no fim de 2017, sob o comando de Jair Ventura, que, por sua vez, não depositava muita confiança no gringo, Valencia sempre (ou quase) foi querido pela torcida. E, com a versão 2.0 do Botafogo 2018, agora de Valentim e com um gol na bagagem, a esperança foi redobrada.

Até aqui, Valencia soma 4068 minutos de rodagem no Alvinegro. Ano passado, foi titular em nove partidas, sendo substituído em cinco ocasiões. Nada de bola na rede, o que era comum em seus tempos de Palestino. Por lá, foram 15 gols no último ano - isso só até julho, quando desembarcou no Rio.

Contra a Cabofriense, próxima adversária na Taça Rio, neste domingo, a tendência é que Valentim mantenha o time que venceu na estreia, consequentemente com Valencia e João Paulo na criação, enquanto Pimpão, Ezequiel e Kieza têm as funções mais ofensivas. O jogo será às 19h30 (de Brasília), no Nilton Santos, e pode ratificar a nova fase de Valencia no clube. O LANCE! transmite a partida em tempo real.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos